dentist-mirrors-188854-m

Aftas Tratamento

Normalmente, não é necessário tratamento. Na maioria dos casos, a afta desaparece sozinha. O foco principal do tratamento de aftas, quando necessário, é impedir que o agente causador se espalhe, mas continua dependendo muito da idade, condições de saúde e das causas da infecção.

O remédio caseiro mais fácil é uma solução de 50% de água oxigenada e 50% de água. Use um cotonete para aplicar a mistura diretamente na afta. Em seguida, coloque uma pequena quantidade de leite de magnésia na afta, de três a quatro vezes por dia. Isso acalma e pode ajudar a curar a afta.

Para crianças e suas mães que também estejam com a infecção na região dos seios, o médico (no caso, um pediatra) poderá receitar medicamentos antifúngicos: um para o bebê e outro para a mãe.

Já no caso de crianças e também de adultos saudáveis, o melhor tratamento é o consumo de iogurte sem açúcar, que, apesar de não acabar com o fungo, ajudam a restaurar a quantidade normal – e saudável – de bactérias presentes na boca. Caso a infecção persista, o médico receitará um medicamento antifúngico.

O tratamento para adultos com imunidade baixa também pode ser feito via antifúngicos, mas eles podem simplesmente parar de fazer efeito. Isso acontece principalmente em casos de pacientes no último estágio da ação do vírus do HIV, em que o fungo causador da afta torna-se resistente à ação do medicamento. Nesses casos, o médico poderá receitar anfotericina B para exterminar de vez o fungo da boca do paciente.

Fique sabendo: alguns medicamentos antifúngicos podem causar danos ao fígado. Por isso, o médico poderá pedir exames de sangue para monitorar o estado do fígado do paciente, principalmente se o tratamento for de longa duração e se o paciente em questão tiver histórico de problemas no fígado.

Aftas são formas comuns de úlcera bocal, que costumam surgir em pessoas com baixa imunidade, seja ela causada por alguma doença específica ou por uso de medicamentos. Veja algumas dessas causas:

HIV/Aids: O vírus do HIV, que pode levar à Aids, ataca diretamente o sistema imunológico. Pessoas infectadas com esse vírus são mais propensas ao surgimento de aftas e elas costumam ser um dos primeiros sinais de ação do HIV no organismo
Câncer: a imunidade também abaixa quando o paciente tem câncer, principalmente por causa do tratamento realizado com radioterapia e quimioterapia
Diabetes: diabéticos não tratados ou com a doença mal controlada, a saliva costuma apresentar grandes quantidades de açúcar, que encoraja o crescimento do fungo
Infecções vaginais: o mesmo fungo causador da afta é o responsável por algumas infecções vaginais também. Apesar de não ser muito perigosa, esse tipo de infecção costumar causar mais problemas a mulheres grávidas, pois a doença pode ser transmitida ao bebê durante o parto.
Outros fatores podem desencadear no surgimento de aftas:

Estresse emocional
Deficiência de ferro, vitamina B12 e ácido fólico na dieta
Período menstrual
Mudanças hormonais
Alergias a alimentos.

icon_Smile-Saver_guide_231x135

Seu sorriso é a nossa prioridade, MARQUE AGORA UMA AVALIAÇÃO CONOSCO (61) 3326-7155.

Marcar Consulta
urgencia-smile-face-5